Dúvidas frequentes

Será que eu me darei bem dentro do Franchising?

R: Se você é o tipo de pessoa que deseja possuir seu próprio negócio e ser seu próprio chefe, então pode haver um lugar para você no Franchising. As diversas oportunidades disponíveis no Franchising atraem pessoas com as mais variadas histórias de vida. Executivos de grandes corporações, jovens recém-formados que querem ter seu próprio negócio, mães que abandonaram carreiras para cuidar de filhos que agora estão crescidos, entre outros casos. Até mesmo investidores profissionais descobrem que o sistema de franquias pode oferecer oportunidades de rentabilizar capital, gerar lucro e expandir negócios como poucos investimentos financeiros conseguem.

O Franchising é atrativo, principalmente, porque oferece boas oportunidades de negócios, crescimento e realização para pessoas de diversos níveis de capacidade de investimento. Todavia, o Franchising não funciona bem para todo mundo, já que algumas pessoas não se adaptarão bem à relação com a figura do franqueador. Os franqueadores criaram seus negócios e estabeleceram padrões e regras, muitas vezes tomando decisões que podem ir contra o que você gostaria de fazer. Antes de investir, investigue a fundo! Certifique-se de que compreende o modelo de franquia e só considere participar daquele com o qual você se sente confortável.

O que uma franquia oferece que não posso fazer sozinho?

Uma franquia já é um sistema de negócio em operação. Já errou, aprendeu e corrigiu estratégias, políticas, produtos, serviços, etc. Enquanto um empresário investe fortemente para criar um modelo de negócio rentável, um franqueado pode entrar em um conceito já estabelecido, com muito menos risco. Por exemplo, você está ciente de que até 80% das novas empresas fecham em um ano de operação? Um modelo de negócios que já está funcionando encurta o caminho que um empreendedor novato teria de percorrer para gerar lucros e desenvolver um modelo de negócios de sucesso. Um empresário individual levará muito tempo e enfrentará muitos desafios para estabelecer seu negócio com o mesmo reconhecimento e penetração da marca de um sistema de franquia de sucesso existente.

Como me assegurar de que não vou perder dinheiro?

Os americanos têm um ditado: Na vida só há duas certezas “death and taxes”. A morte e os impostos. Assim, ninguém pode ter 100% de certeza. Embora a maioria dos franqueados tenha desempenho empresarial satisfatório, mesmo as pessoas de negócios bem-sucedidas sofrem perdas financeiras. É por isso que você deve ser particularmente cauteloso com qualquer empresa que "garanta" o lucro ou sucesso “certos”. Se você ouvir uma afirmação de uma empresa franqueadora que parece muito boa para ser verdade, provavelmente é. A investigação de todas as projeções de vendas e receitas feitas por um franqueador é fundamental. Mas, independentemente dessas projeções, você deve estar ciente de que seu sucesso virá apenas do seu trabalho duro. Seu sucesso ou fracasso depende, em última análise, de você exclusivamente.

Afinal, qual o risco que eu corro?

Investir em um negócio qualquer - franquia ou não - é arriscado. Não há como minimizar completamente seu risco, mas há maneiras de diminuí-lo. A primeira pergunta a fazer é: Você está preparado para arriscar seu próprio dinheiro em um empreendimento?

Uma coisa que você pode fazer para se certificar de que você está realmente pronto para investir numa franquia é olhar para trás e analisar algumas das principais decisões envolvendo dinheiro que você tomou ao longo dos anos. Como você lidou com o "risco" dessas decisões? Você analisou tudo, detalhadamente, por semanas, talvez até meses? Ou, você fez uma pequena pesquisa e tomou sua decisão com relativa rapidez?

Mais uma coisa: lembre-se de que não existe apenas o risco de entrar no negócio, existe também o risco da operação no dia-a-dia, as decisões que podem afetar os resultados finais são, muitas vezes, as pequenas coisas que têm de ser resolvidas sob pressão de tempo e recursos.

No final das contas, você tem de certificar-se que você pode lidar com o risco e a pressão inerentes ao negócio.

O que os franqueadores procuram nos seus franqueados?

R: Os franqueadores procuram características pessoais específicas para julgar se potenciais franqueados são adequados para a gestão de uma franquia ou não.

É muito importante que as pessoas que querem ser franqueadas tenham entusiasmo e confiem que podem ser bem-sucedidos. Além disso, devem ser pessoas com iniciativa de assumir as responsabilidades necessárias na gestão do negócio. A experiência anterior e conhecimento do mercado onde a empresa atua também podem ser importantes. Portanto, um bom entendimento do que a empresa faz e como opera é essencial.

Embora o otimismo é muito valioso, franqueados precisam estar conscientes de que, no início da operação, não deverão obter resultados expressivos, e os franqueadores precisam estar atentos para a performance de seus franqueados para que estes não se frustrem com os primeiros sinais de resultados negativos.

Outra importante característica esperada de um franqueado é a de ser um bom comunicador, pois terá de se relacionar com o franqueador, os funcionários, revendedores e clientes. Ser capaz de interagir eficazmente com as pessoas e explicar as coisas de uma forma clara e simples para criar valor, lealdade e confiança é essencial para ter sucesso.

O franqueado deve ter uma grande capacidade de aprendizado e ser aberto a novas experiências e conhecimentos. No sistema de franquias tomará contato com todo um mundo de novas informações e atividades que não conhecia.

Idealmente, o franqueado deve mostrar equilíbrio entre sua capacidade de trabalhar individualmente e na participação colaborativa na rede de franquias que funciona como uma grande equipe.

Ideias de melhoria por parte dos franqueados devem ser sempre bem-vindas, uma vez que os franqueados, que estão no “front”, captam no mercado as necessidades de aperfeiçoamento dos sistemas de trabalho e das práticas de negócio do franqueador.

Um ponto fundamental é que o franqueado realizará o investimento necessário para a implantação e o desenvolvimento do negócio, além disso será responsável pela gestão financeira e por cobrir suas despesas operacionais, buscando sempre a maximização dos resultados.

Sobre Franchise Case Show

O Franchise Showcase é um evento que une franqueadores, investidores e palestrantes para disseminar conhecimentos sobre franquias. Com cases de sucesso em São Paulo e Porto Alegre, no mês de julho, a quinta edição acontecerá no Rio de Janeiro.

Para obter maiores informações entre em contato conosco!


email

atendimento@franchiseshowcase.com.br

telefone

(11) 2613-4856

Plano de Investimento Pessoal

Antes de se começar a procurar um negócio é fundamental que se defina as características ideais deste negócio. Devemos definir critérios como capital máximo a investir, retorno esperado do investimento, tempo que se pode esperar para sacar recursos do novo negócio, disponibilidade de dedicação, uso de capital próprio ou de terceiros, estratégias de entrada e de saída do negócio, entre outros.

Análise de perfil e identificação de segmentos-alvo

Grande parte dos investidores acredita que é capaz de desenvolver qualquer atividade, bastando ter os recursos financeiros disponíveis para tanto. Trata-se de um engano comum, pois cada um de nós tem capacidades mais adequadas a determinadas atividades e negócios. Identificar suas próprias capacidades e compará-las aos requisitos de cada tipo de negócio é um fator crítico para seu sucesso como empreendedor.

Pesquisa de mercado

A busca pelo negócio ideal pode gerar muitas frustrações, afinal quem não quer uma marca líder em um grande mercado potencial e a baixo custo? O problema é que provavelmente alguém teve a mesma idéia que você algum tempo atrás e esta oportunidade já não está disponível. O que fazer então? Podemos optar por marcas líderes em mercados periféricos, marcas novas em mercados premium, ou até por aquisição de unidades em funcionamento, o que mitiga o risco do ponto comercial. É importante estar aberto às oportunidades independente de seu formato.

Análise das ofertas

Uma vez identificada uma oportunidade é fundamental que o processo de avaliação das informações seja o mais completo possível, a começar pela análise da COF (Circular de Oferta de Franquias), pré-contrato e contrato. Há que se entender aqui não só as condições de entrada no negócio (contrato) como aspectos mais amplos da oferta da franqueadora, como situação de registro de marca, passiveis jurídicos, entre outros. As informações de serviços prestados pela franqueadora, investimentos necessários e projeções financeiras devem, necessariamente, ser checadas através de entrevistas com os franqueados atuais. A análise financeira do negócio é de fundamental importância neste processo e recomendamos enfaticamente que se busque assessores financeiros capacitados a realiza-la.

Renato Claro
(insights de como avaliar uma franquia)
Rodrigo Abreu
(franquias de conversão e repasses)

Negociações

O processo de aquisição de uma franquia envolver negociações com o franqueador, com o proprietário do imóvel e em caso de unidade já em operação, com o franqueado vendedor. Há muitos mitos que envolvem os contratos de franquia e de locação, comumente considerados leoninos. Para se negociar um contrato é fundamental ter conhecimento técnico para tal; não é atividade para iniciantes. Assim, recomendamos enfaticamente que sempre se procure assessoria para estas negociações.

Hotel Everest - Sala São Conrado

Rua Prudente de Morais, 1117 - Ipanema

Rio de Janeiro - RJ